15.10.10

Soprar as velas dos outros

Todos se lembram de quando eram miúdos e, quando vos mandavam apagar as velas, surgir sempre um "engraçadinho" que se adiantava e soprava as velas, mesmo sem ser o aniversariante.
Foi disso que me lembrei ao ler o vereador Fernando Serpa, num dos seus últimos escritos (e só não repliquei no seu blogue porque estou censurado, como estive e estou na "Voz de Silves" onde agora aquele também "posta").
Mas vejamos, tal qual é, o texto que motiva este desabafo, e cito:
Titulando assim, O Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé, continua no corpo do texto com "Voltou a dar razão à Câmara Municipal de Silves na Acção que foi apresentada pela Sociedade Biosolum,Lda.
A Acção foi julgada improcedente.
Valeu a pena todo o trabalho e pressão que exerci junto da Autarquia.
A combustagem (sic) já o era.
Aproxima-se outro projecto que vos darei conhecimento amanhã."
Em destaque, o ofício do tribunal dirigido ao dr. Paulo Moura Marques (da PLMJ, aqueles que fazem assessoria jurídica milionária!) comunicando o sentido da sentença e que reproduzo (clique para ampliar).

Cinco questões se levantam, perante tal ciclópica acção:
1º O texto do post sugere que o advogado vencedor da acção foi o Dr. Fernando Serpa.
2º Que o trabalho e actuação do vereador foram determinantes no "provisório" desfecho, ainda que se desconheça qualquer deliberação do plenário camarário que tenha cometido à PLMJ a defesa da Câmara neste processo.
3º O texto inclui um implícito elogio à actuação do executivo permanente, o que é para estranhar.
4º O texto personaliza - narcisisticamente é o advérbio de que me socorro - em desabono de todos e inclusive dos outros vereadores do PS, o eventual positivo desfecho na actuação de quem o escreve. Pior, esquece a acção popular por parte dos messinenses, o papel da Junta de Freguesia de Messines e do seu presidente que promoveram acções e sucessivos pedidos de esclarecimento junto da CMS, enfim, de todos os que se manifestaram de qualquer modo.
5º E já agora, depois de tanto trabalho, convinha saber que "combustagem" não existe, o que existe mesmo é compostagem, o que até é uma coisa louvável, e que faço cá por casa!

5 comentários:

Anónimo disse...

Só para dizer que essa da "COMBUSTAGEM" é a prova provada da intelectulidade reinante na Pátria de Camões.
Faz pena e dói, mas é o que temos.
Sair da situação em que nos encontramos, apetece parafrasear outro ilustre rosa, "jamais".
Tonecas

tmealha disse...

Manuel,

combustagem deve ser da conflagração moral... LOL

Ana disse...

Com tantas situações que carecem de uma análise séria,tantos problemas por resolver no concelho de Silves,e o sr. ex vereador com este tipo de devaneios sobre o dr. Serpa.
Sinceramente,não perca a compostura de forma tão mediocre,deixe as mediocridades alheias,o momento politico,local e nacional,exigem outro tipo de atitude.
A vereadora Rosa Palma,para quando alguma actividade no blog?
Tantas questões para abordar e escolhem dedicar espaço ao dr. Serpa,conflagração moral...LOL
Ou bandalheira total,ou desmazelo geral,ou tudo menos o que realmente interessa!
Politica de verdade,está agendado para quando?????

Menino Tonecas - The Real One disse...

É por estas e por outras que a CDU está aliada à Dr.ª Isabel Soares! A tal aliança pagã...

Paciência de Job disse...

Todos especialistas em cretinice!
Esta pequena homenagem que o ex vereador faz ao vereador Serpa,é isso mesmo,cretinice.
Não tem mais nada que fazer,acham pouco o que se está a passar,andam a ver quem apaga as velas e de quem é o bolo...
Isto é levar ao extremo o desrespeito pelo povo.