25.7.06

Reunião extraordinária da Assembleia Municipal - 26 de Julho de 2006

Conforme publicado em edital nº 8/06, realizar-se-á no próximo dia 26 do corrente uma Assembleia Municipal Extraordinária, pelas 21 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal.
A Ordem de Trabalhos é a que se segue:

1º Período - Audiência ao Público

2º Período - Antes da Ordem do Dia

3º Período - Ordem do Dia

3.1. Análise e deliberação de "Taxas de amortização e período de vida útil das viaturas usadas e doadas ao município".

3.2. Apreciação e deliberação sobre "Resolução Política aprovada na XXIII Assembleia Geral do Conselho dos Municípios e Regiões da Europa (Innsbruck, Áustria, 10-12 de Maio de 2006)".

3.3. Análise e deliberação de "Subscrição da Declaração do 4º Fórum Mundial da Água".

3.4. PROTAL - Informação, análise e compreensão do documento e das decisões subjacentes.

4 comentários:

Anónimo disse...

Só uma pequena correcção, no titulo o mês será Julho e não Junho como está escrito

manuel castelo ramos disse...

Agradeço a chamada de atenção, à qual retribuo com a correcção!

Joaquim Santos disse...

Exº Senhor
Podia desenvolver um pouco mais como não estive presente, nada sei. Realmente ouvi falar nesta Assembleia mas como era extraordinária e normalmente. Só haveria um ponto único - Protal, pensei não tivesse interesse pois ainda não houve nenhuma aprovação. Afinal esta Assembleia teve audiência ao público. Mudam as pessoas mudam as opiniões.
Com os melhores cumprimentos
Joaquim Santos

manuel castelo ramos disse...

Caro senhor Joaquim Santos,
Foi uma assembleia extraordinária, mas sem história. Hora e meia de reunião que de pouco mais serviram do que para aprovar, sem polémica, os documentos que a ordem de trabalhos enumera. Quanto ao PROTAL, foram distribuídas algumas fotocópias que dão conhecimento da posição dos serviços da Câmara em relação ao documento inicial e algumas alterações pontuais entretanto realizadas no mesmo, e que se referem sobretudo à questão da "guerra das camas turísticas" (distribuição do alojamento entre os concelhos algarvios). Nada mais! Não perdeu grande coisa!