4.4.08

Espaço Informativo


Venho uma vez mais dar conhecimento de algumas iniciativas que neste concelho se vão realizar.

- Amanhã, sábado, dia 5 de Abril, pelas 16 horas no Auditório do Instituto Piaget, numa organização do Centro de Estudos Luso-Árabes (CELAS), Adalberto Alves apresentará duas novas obras: "Islão -viagem ao País das Rosas" e "Portugal e o Islão iniciático".

- No próximo dia 6, domingo, a CMS comemora o Dia Mundial da Actividade Física (leia no Região Sul).

- O Espaço Jovem em Silves, desenvolve dois programas educativos designados "Escola de Teatro" e "Rádio Jovem" (também no Região Sul).

- A remodelação do posto de turismo de Silves e o lançamento dos produtos "Algarve Essência" pela RTA são notícia no Observatório do Algarve.

- Nos dias 11, 12 e 13 do corrente mês, numa organização CMS, terá lugar na Fissul a feira "Ruralidades" (leia no Barlavento on-line).

- Mostrando que a história por vezes se repete, Aurélio Cabrita escreve sobre a antiga Sé de Silves e os riscos que este património mais uma vez corre (leia no Barlavento on-line).

- Integrando as comemorações do Dia Mundial do Livro e, simultaneamente, as do 25 de Abril, abrirá finalmente portas a nova Biblioteca Municipal de Silves, sete anos depois do lançamento da obra (leia pormenores das actividades paralelas no Barlavento on-line).

- Na Junta de Freguesia de Messines e por organização da mesma, no dia 24 de Abril pelas 21.30 h, o concerto de Francisco Fanhais, uma das vozes de Abril.

- Na Junta de Freguesia de Messines, integrando as comemorações dos 20 anos do grupo de teatro Penedo Grande, "Música e Surpresas", uma tertúlia que decorrerá no dia 12 de Abril às 21.30 h.

- A requalificação da EN 125 e outras obras rodoviárias que com ela se prendem, bem como as que serão realizadas no nosso concelho, são notícia no Região Sul.


E para o fim, deixo ficar, a quem interessar, uma cópia da entrevista que dei ao último número do jornal Terra Ruiva (ler aqui).


7 comentários:

Maria Antónia disse...

Li a sua entrevista ao jornal "Terra Ruiva" e vim aqui para lhe dizer que, apesar de reconhecer que deverá ser enorme o esforço que desenvolve para conseguir conciliar a sua profissão com o cargo de vereador, deve continuar a assumir este cargo.
Não verifico em lado algum tanta informação sobre o que se passa no meu concelho, nunca ninguém neste concelho o soube fazer tão bem (que me desculpe quem também escreve em jornais e blogues).
As informações neste seu blogue e o seu trabalho como vereador têm servido para me manter mais informada.
Bem haja e dê continuidade ao seu desejo "participação na construção de um melhor concelho"!

Anónimo disse...

Procurando o bem dos nossos
semelhantes encontramos o nosso.

A vida é uma pedra de amolar: desgasta-nos ou afia-nos, conforme o metal de que somos feitos.

Razões fortes originam acções fortes.

Acreditar em algo e não o viver é desonesto.

Bravura provém do sangue, coragem provém do pensamento

É um bom soldado o que não aspira a ser general.

Não há senão um modo de sermos felizes: viver para os outros.

Se voltares as costas à luz, nada mais verás além da tua própria
sombra.

Citações célebres que se ajustam ao seu carácter.
Óptima entrevista.
PARABÉNS.
A.F.

Anónimo disse...

E se levares um pontapé no .... , não te incomodes´. É sinal que vais à frente

Maria de Portugal disse...

Olá, Meu Querido Manuel!

Tenho, propositadamente, estado afastada deste seu rico blog. Que, como o Querido bem sabe, considero um dos melhores que trata das matérias de Silves.

Li a entrevista do Querido ao "Terra Ruiva", salvo erro.

Apesar da ruividade do dito jornal ser identificador da orientação político-genética de quem o dirige, Querido, confesso que gostei de o ler. O Querido Manuel é, de facto, a cara da oposição em Silves. Nem PS - agora parece que com uma liderança renovada, forte, plena de ideias e projectos e legitimada por um alargadíssimo universo de 36 ilustres eleitores -, nem o amigo Carneiro Jacinto, cujo mérito é revelar o lastimoso estado do PS silvense, de tal forma, que a candidatura dele à Câmara começa a ganhar corpo, nem verdadeiramente a CDU têm conseguido fazer oposição. De facto, o Menino ganha-lhes aos pontos.

Mas, Querido Manuel, com o o Menino bem sabe, sobretudo em política, o timbre deve ser a verdade. Bem sei que uma entrevista "ruiva" tem de ter uma linguagem e tom específico. Mas, peço-lhe Querido, não se deixe pressionar e, sobretudo, não permita que jogos aparelhísticos comprometam a imagem de competência que o Menino tem sabido criar e gerir.

O Querido, como ficou demonstrado quer quanto à Viga de Ouro, quer quanto à REN, para não apontar outros exemplos, portou-se verdadeiramente tendo como objectivo o interesse colectivo. É dessa atitude que Silves precisa. e que, lamentavelmente, só tenhop visto em muito poucas circunstâncias e ainda em menos pessoas: com todos os seus defeitos, quer o Menino, quer a Querida Isabelinha têm sido - mesmo com divergências, que são absolutmente naturais - os únicos intérpretes dos interesses dos silvenses e os únicos que têm tido coragem pessoal e política de os defender.

Pois é, Meu Querido Manuel, Silves precisa do Menino. Não se afaste. E digo-lhe isto, Querido, com a mesma convicção com que os silvenses têm dito que a Querida Isabelinha lhes é muito querida.

Envio-lhe uma intensa e longa beijoca!

Anónimo disse...

Pois muito lhe agradeço toda a informação que disponibiliza sobre essa amálgama chamada Câmara de Silves.
Podemos sem duvida ficar melhor informados sobre o que se passa e fazer as leituras que quisermos.
Relativamente à sua entrevista, na minha modesta opinião, não acrescenta nada... tão bem construida que não será certamente mobilizadora das gentes de Silves.
O senhor representa a verdade, a pureza um verdadeiro intocável ... E sabe ... tão puros tão verdadeiros ... não sei, não sei..
Embora admire a sua sagacidade e o seu espirito crítico, parece-me que se não estivesse na oposição, ver-se-ia muito pouco.

Anónimo disse...

Que rico "Menino"!!!

Anónimo disse...

Poderá não ser "rico", nem é, trata-se duma pessoa séria e honesta, com suas convicções e bons princípios.

Está a prestar um óptimo serviço à comunidade dentro das limitações que a sua condição de Verador Independente lhe permitem.

É graças à sua esforçada intervenção que temos vindo a tomar conhecimento do que de bom e de mau tem vindo a ser feito na nossa autarquia.

O Dr. Manuel Ramos é um cidadão corajoso, honesto e amigo de toda a gente, sem distinções, possuindo o perfil suficiente para vir a ser um digno Presidente da nossa Autarquia.

Silves precisa de uma pessoa combativa e com as suas características, para tentar sair do atoleiro em que se encontra.

Isabel Soares, quanto mais se meche, mais complica a vida da Autarquia.

Já deu o que tinha a dar. Podia aproveitar o momento e guindar-se à liderança nacional do PSD.

Como recusou Bruxelles e obrigou o Piscarreta a ir.......!!!!!!!!!!, certamente também não aceita a liderança.....!!!!!

Que Deus nos valha e que de uma vez por todas tenhamos uma Presidência a sério.

Força Manuel Ramos, Silves e os Silvenses precisam da sua competência e do seu esforço.
Sancho Pança