26.2.09

Assembleia Municipal Ordinária - dia 27 de Fevereiro de 2009

Realiza-se amanhã, pelas 21.30h, uma Assembleia Municipal Ordinária, de cuja Ordem de Trabalhos deixo aqui informação:
1º Período
- Audiência ao Público
2º Período
Antes da Ordem do Dia
3º Período
3.1. Análise e deliberação da proposta de alteração da alínea o), do nº 1, do artº. 4º do Regulamento do Conselho Municipal de Segurança;
3.2. Eleição dos 5 reperesentantes da Assembleia Municipal no Conselho Municipal de Segurança;
3.3. Análise e deliberação da proposta de geminação do Município de Silves com o Município de Latina, em Itália;
3.4. Análise e deliberação de Moção de desagrado pela intenção da PT (Portugal Telecom) encerrar a loja em Silves;
3.5. Análise e deliberação sobre proposta de aquisição do prédio conhecido por "Fábrica do Tomate", sito em Silves, pelo valor 1 980 000 €;
3.6. Análise e deliberação sobre proposta de adesão à Associação de Municípios Portugueses do Vinho;
3.7. Análise e deliberação do Projecto de Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação;
3.8. Análise e deliberação da proposta de alteração do Mapa de Pessoal da Câmara Municipal de Silves;
3.9. Análise e deliberação do Projecto de Regulamento Municipal de Drenagem de Águas Residuais;
3.10. Análise e deliberação do Projecto de Regulamento Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos e Higiene Urbana;
3.11. Análise e deliberação do Projecto de Regulamento do Parque de Estacionamento Público de Armação de Pêra;
3.12. Análise e deliberação do Projecto de Regulamento de Taxas e Licenças;
3.13. Análise e deliberação do Projecto de Regulamento Municipal de Fornecimento de Água;
3.14. Análise do Relatório de Actividades da Câmara Municipal de Silves referente aos meses de Dezembro de 2008 e Janeiro de 2009;
3.15. Questões a colocar pelos membros da Assembleia Municipal à Câmara Municipal.
E ainda há quem diga que os eleitos não fazem nada! Aqui há literatura para algumas noites, caso se faça trabalho sério!

2 comentários:

Joaquim Santos disse...

Exº Senhor
Lendo os pontos da ordem de trabalhos deve ter sido uma assembleia magnifica. Conhecendo como conheço as assembleias quase que me atrevo a dizer a assembleia foi suspensa....
Os pontos
regulamentos se alguns deles já não terem sido corrigido garanto que é desta que o concelho vai ficar a ver o investimento a fugir.
Coisas básicas:
ocupação com mesas e cadeiras: Lagoa 1,82 € Silves 2,71€
Anuncio luminosos
lagoa 3,57€ silves 5,42 €
cartão de feirante
lagoa 8,85€ silves 19,97€
Alteração de fachadas por m2
Lagoa 1,82€ silves 54,13€
construção nova por 120 m2
Lagoa 68,40€ silves 378€
vistoria habitação
lagoa 13,27€ silves 54,13€
Licença de utilização 120 m2
lagoa 8,85€ silves 6609,84€ ( espero estar enganado)
Valores da agua
não encontrei a de silves logo não posso fazer uma comparação

Será que a actividade económica dos comerciantes e construtores e cidadãos em particular é tão desenvolvida pode suportar estas taxas ?
Sabendo como em qualquer empresa não pode dar prejuízo pergunto se com essas taxas a câmara não vai ter um lucro excessivo ao ponto de prejudicar toda a actividade económica do concelho. ?
Sabendo que as taxas de IMI e outros impostos no concelho de silves são as mais elevadas, não provoca a fuga de pessoas do concelho prejudicando todo um concelho em termos de fuga de impostos como para os comerciantes ?
Srº Vereador o que pensa disto tudo?
Com os melhores cumprimentos

Joaquim Santos

Anónimo disse...

E o que me diz quanto às taxas aplicadas este ano para quem não liquida a tempo as facturas de consumo de água, resíduos sólidos e saneamento?.. Isto só no Municipio de Silves!... Por quanto tempo mais os municipes terão que "aguentar" isto?