8.12.06

Enfim descansados, temos candidato...!

E com apoios, da comunicação social. Teve direito a "prime time" nos telejornais. Um dos trabalhos jornalísticos entretanto saídos e que me impressionou foi o que li hoje de Helder Nunes, director do Barlavento. Sobretudo nesta parte final: "(...) O que ele, neste momento, está a fazer é, a longo prazo, mostrar-se ao concelho de Silves, assumir-se publicamente como um crítico da actual governação e demonstrar, porque certamente vai fazê-lo em todas as colectividades e locais de reunião pública, que a política pode ser feita de forma a que as pessoas acreditem naqueles que os representam, que deixem de se desinteressar da coisa pública e que passem a acreditar que a justiça vai repor a legalidade.(...)". Parece explicação própria de mandatário, mas que se saiba Helder Nunes é só, e ainda, director do Barlavento. Enfim, pode ser, somente, solidariedade corporativa...
Mas para terminar fica aqui a grande informação, que Helder Nunes teve o pudor de não dar: Carneiro Jacinto abriu um Blogue: ServirSilves. Visitem-no...

22 comentários:

Anónimo disse...

Mas o corporativismo não tinha terminado? De qualquer forma, há o direito à opinião...

Manuel Ramos disse...

Corporativismo profissional, entenda-se, não o de Estado que já teve melhores dias.

Anónimo disse...

Fui ver. A neve não caía, mas já uma saraivada... Porque se amofina, Dr.? Olhe C.J., observando e pensando "deixa-os pousar..."
A entrada é bonita, com aquela lindíssima vista panorâmica de Silves, de onde não se avistam os buracos, as más obras...
Muito apreciei o discurso do Citador, quase apetece pegar na cítara, o que eu faria de boa vontade, se a soubesse dedilhar... É pessoa erudita. Mas eis senão quando, abruptamente, é interrompido... Será que ele não quer continuar?
Faz-me uma certa confusão todos aqueles números... não só pelos valores em si mesmo considerados, como pela informação... É que "ele há coisas e soisas..."
Ainda estamos ao abrigo da liberdade de imprensa?

CITADOR disse...

Caro Anonymus said.
Participo pela primeira vez neste espaço só para satisfazer a sua curiosidade. A interrupção do "discurso" foi apenas motivada por falha técnica no entanto, informo que faltavam somente trés linhas, que poderão ser lidas ainda hoje e no mesmo sítio (Blogue VIVERSILVES),caso CJ o publique.
Informo ainda que é minha intenção dar seguimento à publicação de outros discursos, tão ou mais pertinentes quanto o primeiro, (caso o dono do blogue entenda publicá-los, claro).

A.F. disse...

Dr. Manuel Ramos,
Como se diz, "dar o exemplo", não é a melhor maneira de influenciar os outros, é a única.
Digo isto, porque a existência do "Blogue do Vereador" foi o bom exemplo, a seguir pelo Dr. Carneiro Jacinto, para a constituição do seu "Servir Silves". Fê-lo e fê-lo bem. Aqui fica o meu apreço e felicito-o por tudo o que disse e escreveu sobre o que está a acontecer, na nossa linda, mas triste cidade.
Que alguns, porventura, ainda incrédulos possam tirar as suas conclusões.
Mas não pensem que é tudo.
Quanto aos apoios que entraram em cena, são legítimos e esperados. mas, é preciso ter presente que "quem sabe adular, também é capaz de caluniar"
Há que ser solidário, partilhar informação, porque todos seremos poucos para levar de vencida as dificuldades que estão pela frente.
Devemos ter presente que aqueles que lutam contra nós, fortalecem-nos e dão-nos a oportunidade de refinarmos as nossas qualidades. Eles trabalham por e para nós.
É preciso conjugar forças e encontrar consensos quando são necessários.
A.F.

Anónimo disse...

Dr. Ramos,
Se me permitir, e para sairmos um pouco da nossa cidade, embora depois voltemos a ela, gostaria de recomendar aos seus leitores dois artigos do "Abrupto", de hoje, da autoria de JPP, intitulados "Não Apaguem a Memória" e "Urbanismo, Ordenamento, Corrupção". Eu gostei de ambos! Obrigado!

Manuel Ramos disse...

Também gostei dos dois, mas acho o que trata a questão urbanística mais pertinente (segundo as minhas preocupações actuais) até pelo que se faz e discute neste momento em Espanha sobre as tais mais-valias.

José Meireles disse...

Não, não devemos estar descansados com tais candidatos. Carneiro Jacinto também não é o salvador de Silves. Não se pense que C.J está livre para integrar uma canditatura à Câmara de Silves.C.J surge agora porque o partido o obrigou a aceitar, numa tentativa de hegemonia do poder do PS. Assim foi nas eleições autárquicas de 2005, só que C.J não encontrou condições para ter apoio da Concelhia de Silves.
Surge agora, depois de o governo ter dado ordem para se investigar todas as Câmaras PSD e CDU, mantendo intocáveis as do PS.
Este candidato vem com as regras democráticas, já corrompidas, no combate à corrupção e ao clientelismo.
Não se esqueçam que C.J é do PS, o mesmo partido que está no governo, fomentando cada vez mais a pobreza e a miséria no País, para depois vir o "Banco Alimentar" pedir bens alimentares para combater a fome.
Parece que muita gente gosta da existência da pobreza para praticar a caridade. Porque não se combate a pobreza em vez de se praticar a caridade? Faz-se precisamente ao contrário para que o fosso entre ricos e pobres seja cada vez maior. Quando um candidato, para se fazer notar em Silves tem que recorrer aos feitos pelos seus antepassados, está tudo dito.É preciso estarmos atentos a estas manobras ... e não se esqueçam que Socrates quando apareceu nas eleições também prometeu que ia acabar com a miséria dos reformados, etc. ... e agora é o que se vê.

Manuel Ramos disse...

Ainda há quem não conheça o gosto da ironia...!

josé meireles disse...

O Dr. Manuel Ramos tem razão, ainda há quem não conheça a ironia.
Repare é irónico o candidato Carneiro Jacinto, vir só agora exigir a construção da barragem do Odelouca, quando o seu próprio partido tem abdicado dessa construção. E pelos vistos já passou a bola às águas do Algarve, retirando-se de cena o INAG/ Governo de Sócrates.Então por que é que não falou antes? Até que o Sr. Carneiro Jacinto sempre passou férias em Silves junto às antigas instalações da Sociedade Filarmónica Silvense, agora Teatro gregório Mascarenhas reconstruido, inaugurado e fechado.É estranho que só agora também venha reclamar a abertura do teatro e não disse uma palavra em 2005.
Já agora recordo que foi publicado um artigo no Terra Ruíva, quando o Algarve era ameaçado pela escassez de água,em que esse artigo apontava as necessidades da construção da Barragem do Odelouca e os problemas com o perímetro de rega de Vale da Vila.
Bom e fico-me por aqui esperando que a CDU apareça rapidamente com um candidato, de modo a que a luta comece a ganhar corpo, agora que surge um PS à procura do poder em Silves.Na realidade PS e CDU têm um inimigo em comum, mas a CDU não pode ficar sem candidato.

Anónimo disse...

À guerra!, à guerra! contra os
candidatos, marchar!, marchar!Vislumbrarei um terceiro candidato? Ando há tempos a pensar nisto... Depois de Felgueiras, já nada me admira!

Anónimo disse...

E eu cantarei: Fígaro, fígaro, fígaro, fígaro, figaro cá, fígaro lá! Conhecem esta ópera? (influências do evolucionismo. Ai Darwin, Darwin, se tu cá voltasses, haverias de ver a involução de certos espécimes...)

josé meireles disse...

É natural que haja um terceiro candidato, mas não será como em Felgueiras,Oeiras ou Gondomar. Em Silves o povo saberá quem escolher e ao contrário do que muita gente pensa não é tolo. Saberá certamente atribuir o voto na pessoa certa ... e não estamos à espera do D.Sebastião. Penso que a CDU no momento certo e sem fazer futurismo saberá apresentar o seu candidato. Já agora e se me permitem, gostaria de enaltecer o papel preponderante que o Dr. Manuel Ramos tem tido enquanto Vereador da CDU. De facto tem sido ele a pessoa incansável em revelar a grave situação financeira que se vive na Câmara. Se a actual presidente de Câmara fosse democrata já tinha posto o seu lugar à disposição e assumia a responsabilidade que lhe cabe.E fico por aqui.

Anónimo disse...

E fica muito bem!

josé meireles disse...

Bem ... na verdade ficaria melhor se me visse a votar novamente numas autárquicas antecipadas. Espero que não demore muito tempo.

Manuel Ramos disse...

Agradeço as palavras do senhor Meireles, mas como já algures disse, não se coloquem os carros à frente dos bois. Por hoje, e para que vos possa dar notícia ainda hoje, estou a terminar o resumo da reunião de câmara do dia 6...

Anónimo disse...

Fígaro, cá!

Anónimo disse...

Afinal, não ficou!

josé meireles disse...

Essa do fígaro cá fígaro lá, fez-me lembrar a da demagogia feita à maneira ... lembran-se dessa? Ao ler o texto de apoio à candidatura do jornalista Carneiro Jacinto, parece não haver dúvidas sobre a sua demagogia. Talvez esta candidatura possa dividir a concelhia de Silves.
Mudando de assunto, quanto mais tempo demorar a queda de Isabel Soares, mais se vai descobrindo e melhor se vai esclarecendo o povo. Até há um ditado que todos conhecem " zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades". E aí está o Dr. José Paulo a levantar a ponta do véu. O que virá a seguir?

Anónimo disse...

Talvez um segundo véu...
Contava-se que Salazar tinha sete saias: uma do Cerejeira, duas do Bissaya e três do povo, que dizia: saia!, saia!, saia!
Não haverá aqui uma dança de sete veus?

Anónimo disse...

Tenho estado a fazer conversa com o Meireles, à espera do resumo da acta. Como esta não acta nem desacta, terei que ir ver a Maria João com a Agustina, que está quase a começar...

Anónimo disse...

Embora vígaro lá e vígaro cá, aqui fiquei menos agoniado! Então o Orçamento da CMLisboa lá foi aprovado com o voto decisivo de MJNPinto?, que eu não entendi muito bem! Hoje não vou perder o debate entre ela e o Carmona! (que diabo de nome!)