7.6.07

Espaço Informativo (actualizado)

Mais algumas novidades:
- Deputado José Soeiro questiona na Assembleia da República traçado da linha de alta tensão Portimão /Tunes, em notícia no Barlavento on-line. Entretanto, na última reunião pública da Câmara, esteve presente uma pequena delegação de moradores de Vale Fuzeiros à qual foi prometida total solidariedade na opção pelo traçado a norte das barragens, já que a recente proposta alternativa da REN (corredor Sul/Norte passando por Casa Queimada e rente à margem sul da barragem do Arade) só transfere o problema de Vale de Fuzeiros para outros locais. Mais, foi consensual a proposta de Sérgio Santos, porta-voz da comissão de moradores, de que, não existindo uma resposta política nas próximas duas semanas de quem tem autoridade na matéria (o ministro da tutela), haverá "excursão" a Lisboa, mesmo sem reunião agendada, nos autocarros da autarquia. Essa a promessa.
Sobre o mesmo assunto, saiu entretanto outro artigo no Região sul on-line (8 de Junho) que dá conta de semelhante iniciativa por parte do PS na Assembleia da República.
- Confraternização de antigos alunos da Escola Industrial e Comercial de Silves, no Região Sul on line.

- Marchas Populares no concelho de Silves, nos dias 12, 23 e 28 de Junho.

4 comentários:

José Meireles disse...

Eu julgo que o erro começou com a autarquia, não ter dado importância ao projecto e não ter informado os munícipes da situação.
Poderá não ser tarde, mas vai ser muito difícil mudar o traçado para zonas onde não há acessos, porque a construção de novos acessos envolve um custo adicional elevado, que é sempre menor que a perda de vidas. Depois é o factor tempo que começa a ficar em causa.
No estado em que as coisas estão, parece-me que tem de haver um maior empenhamento da população, nem que seja impedir o avanço da obra nos seus terrenos.
É grave, é gravíssimo, um projecto desta envergadura optar pela solução que maior contestação sofreu quer dos moradores, quer do IPPAR, só para poupar uns miseráveis "tostões" em prejuízo dos investimentos propostos para a região e, pondo em perigo a saúde dos moradores.
A ir para a frente, tal como está, o governo mais uma vez dá mostras da sua arrogância, revelando uma vez mais que as pessoas não contam para nada, contando apenas os números, apenas o interesse económico, ainda que custe algumas vidas.
Não se relacionando com este post, veja-se o caso da professora de 60 anos que morreu a trabalhar, com leucemia, porque lhe foi negada a reforma antecipada, no devido tempo.

José Meireles disse...

Sobre a confraternização dos antigos alunos da Escola Industrial e Comercial de Silves, é realmente bonito, mas perdeu toda a beleza a partir do momento em que deixou de se fazer na escola.
Local aprazível, onde se recordavam as facetas de cada um no seu tempo.
Agora como se pretende comemorar, para mim, não passa de mero elitismo, dado que ninguém tem conhecimento e o evento é pouco divulgado. Em suma é só para alguns.

Aluno da Escola Velha disse...

Amigo e Sr. Meireles,
Posso informá-lo com toda a segurança que o almoço de confraternização dos antigos alunos não é um mero elitismo. Vai toda a gente que quizer ir. Os organisadores estão a remeter correspondência a toda a gente que consta duma extensa lista (que se pretende o mais ampla possível)convidando para o evento. Devo dizer-lhe que vale a pena o tempo e o dinheiro dispendido face aos reencontros com amigos e conhecidos das antigas lides escolares. A divulgação tem sido feita boca a boca (em muitos casos). Acho que não deve perder esta ocasião de rever velhos conhecidos. Os telefones a contactar são: Manuel José Mourinho 919 117161 ; Aldemiro Guerreirinho 282085776.
Saudações amigas.

José Meireles disse...

OK
Ainda não tinha ouvido falar deste jantar, desde que deixou de se fazer na escola. Sendo como o amigo referiu,retiro o que disse e vou concerteza telefonar a um dos meus amigos que indicou, para estar presente no digno jantar.
Não vou concerteza perder, o rever de velhos amigos e conhecidos da escola, que há muito não vejo.Como nos outros jantares é com alegria que vou participar.