19.9.08

Brincando à Democracia

A Câmara Municipal requere a convocação de uma Assembleia Municipal Extraordinária por necessidade de obter deliberação urgente por parte desse órgão de alguns assuntos. A data estava acordada deste dia 12. Os membros da Assembleia estiveram hoje presentes, aguardando que a Presidente lhes fizesse a necessária explicitação dos assuntos em agenda que necessitavam urgentemente aprovação e obrigaram à extraordinária convocação da AM. Nem Presidente, nem vice-presidente...Do executivo permanente, os dois vereadores restantes. E um técnico municipal, o Dr. Ricardo Tomé. Vai sendo tempo de alguém explicar a IS que a Assembleia Municipal é o órgão máximo da autarquia, a quem deve por lei explicações, políticas, presenciais, e não por interpostas pessoas que, caso o referido órgão assim considere, ele próprio convocará. Já alguém viu, em analogia, algum técnico do Ministério das Finanças, do Ambiente ou da assessoria pessoal do primeiro-ministro botar discurso no hemiciclo? Nas comissões talvez, quando por estas convocados. É tempo de IS saber o que quer e dar respostas às pessoas que querem saber o que este executivo permanente quer!
Justificar a sua falta com uma deslocação a Peniche para estar com o Secretário de Estado-Adjunto do Ordenamento e das Cidades, é brincar com a Assembleia!(P.S.- Corrijo: para estar presente no Seminário "Energia dos Oceanos".
Resultado: foram-se todos embora.

3 comentários:

Anónimo disse...

Fez ela muito bem não aparecer.

eu tb sou anónimo disse...

Se calhar esteve reunida com celebrar algum contrato de vital importância especial para si ou para o mano!

Anónimo disse...

Mas foi muito bem representada. Tenho a certeza que o "elevado" contributo intetectual do Vereador José Manuel teria certamente contribuido para o enriquecimento do debate.
Enfim... pelos vistos não está mal porque o povo gosta ... Diz-se que "ganhará de novo"...
Enfim que Alá nos proteja!