16.10.06

Espaço Informativo (actualizado)

- Comunistas pedem demissão de Isabel Soares (leia no jornal Barlavento on-line, leia no Observatório do Algarve, leia no Região Sul)

- Nota de Imprensa do Bloco de Esquerda sobre o caso Viga d'Ouro (leia no Observatório do Algarve)


20 comentários:

Anónimo disse...

Face a tão graves irregularidades, promiscuidade e suspeitas de corrupção, para além da demissão, deverá ser levado a cabo um rigoroso e abrangente inquérito, por parte do Ministério Público, para apuramento de toda a verdade e atribuição de responsabilidades.

Filipa Simões disse...

Ainda não entendi porque razão a oposição ainda não solicitou juntos das entidades competentes uma auditoria à Câmara Municipal
pouco sei sobre este assunto mas penso que o mesmo deveria ser denunciado junto ministério público ,ou do tribunal de contas, ou de outra entidade competente para apurar responsabilidades e os verdadeiros responsáveis .
mas esta é apenas a opinião de alguém que não entende nada de procedimentos autarquicos.

Joaquim Santos disse...

Srº Verador, reconheço e entendo a sua atitude apresada. E é facil pedir a demisão da Srº Presidente.
Tenha calma, deixe as coisas chegarem as as devidas entidades Judiciaria, igatt e outras entidades...
Sei que o Srº acredita na justiça, sei que leva tempo mas é o que temos.
Obrigado

manuel castelo ramos disse...

Começando pelo último comentário, deixo claro ao senhor Joaquim Santos, que leu distraidamente a notícia, que quem pediu a demissão da srº presidente foi a concelhia do PCP/Silves, não o vereador independente eleito pela CDU. O que não quer dizer que as opiniões, no presente caso, não coincidam. Quer simplesmente dizer que eu não disse isso. Aliás,e a bem da verdade, fique sabendo que a primeira manifestação no mesmo sentido foi realizada pela drª Lisete Romão na reunião ordinária da Câmara do dia 11 de Outubro.
Quanto ao que diz a srª Filipa Simões,direi que o primeiro pedido de auditoria foi feito na primeira reunião deste novo mandato, em Novembro de 2005, sendo chumbada pela maioria. No entanto, recentemente foi aprovada, já sob proposta da mesma maioria, a realização de uma auditoria externa na reunião da CMS do dia 11 de Agosto (aos últimos 3 anos de gestão). Mas até agora ainda não foi trazida a reunião qualquer proposta que a concretizasse.Quanto à participação às autoridades tutelares e judiciais, foi feita uma primeira informação que, havendo agora novos resultados, deverá ser complementada. Esse foi o compromisso da própria Drª Isabel Soares. A seguir...

vendetta disse...

Caro Dr. Manuel Ramos, a minha dmiração pela sua pessoa acaba de aumentar ao ler este post. Penso que esta medida é excelente e que se pedirem o apoio do povo, será dado. Acho que é uma medida tardia, pois o mais correcto seria retira-los do poder sem eleminarem os "rastos" que os possam comprometer. Caso consigam "arranca-los" do poiso espero que de seguida peçam uma auditoria exaustiva a toda a CMS e que sentem no tribunal quem lhe é de direito. Se a Sr.ª presidente nas inaugurações põe o pompom na testa e se gaba das novas obras e novos eventos para os quais só contribui com o sorriso amarelo, também agora deve assumir que neste processo todo é responsável, mais que não seja por andar de olhos fechados a passear de pais em pais à custa dos contribuintes, não vendo assim o que se passa no concelho. Não deixem fugir os culpados pois um já limpou as pegadas e fugiu para Messines, ainda vão a tempo de veralgumas "arapucas" deste executivo e de uma pessoa muito colada a ele, chefe de uma divisão e perita em manobras de diversão e burrices..................esta talvez fuja para monchique.........quem sabe...............

vendeta disse...

Sr. Vereador, após ler alguns post's e alguns comentários chego à conclusão que todos batemos na mesma tecla: Processo de Inquérito Viga D'Ouro.

Penso que é preciso não nos abstrairmos que as irregularidades na CMS vão mais longe. Tudo o que envolve dinheiro e favores, na CMS, está podre. Julgo que seria necessário investigar também a Divisão de Gestão Urbanística e o seu Chefe de Divisão, pois há anos que se fala que certos construtores de nome mandam mais que os funcionários, a Divisão de Recursos Humanos deveria fornecer o pagamento de horas extraordinárias pagas nos ultimos 8 anos e a listagem de vencimentos afixada ao público e ainda a Divisão Administrativa pois envolve muitas taxas e documentos importantes do expediente, local onde se encontram pessoas com forte ligação ao PSD, tais como a sra. responsável pello expediente que o marido é fiscal e a própria chefe de divisão que ao reusar o processo....................hummmmmmmmmmmm nao sei nao!

Anónimo disse...

Competindo à Assembleia Municipal, ao abrigo da Lei 169/99, com as alterações introduzidas pela Lei 5A/2002 de 11/9, entre outras coisas,:
-Acompanhar e fiscalizar a actividade da Autarquia;
-Tomar posição perante os Orgãos do poder central sobre assuntos de interesse da Autarquia;
-Votar moções de censura à Camara Municipal a fim de permitir a formação de juízos negativos e reprovativos da acção da Camara Municipal;
Em presença dos acontecimentos julgo ser pertinente perguntar se já foi tomada alguma posição.
Será que tudo o que está a acontecer é tão normal que não deva ser objecto de uma qualquer atitude por parte da Assembleia Municipal?
O mínimo que deveria ser exigido seria pelo menos a suspensão do mandato até que estivesse finalizado o inquérito, a fim serem evitados desaparecimento de eventuais pistas.

Paulo Vicente disse...

E EXISTE ASSEMBLEIA MUNICIPAL?
NÃO TENHO DADO POR ELA NESTE ÚLTIMO ANO... POR ONDE ANDARÁ O SEU PRESIDENTE? DRº JOÃO FERREIRA UM HOMEM RESPONSÁVEL E ÍNTEGRO , ESTARÁ A ASSISTIR A TUDO ISTO DE BRAÇOS CRUZADOS?

Fernando de Sousa disse...

Dr. Manuel Ramos

É com profundo pesar que olho para o meu Conselho e vejo a apatia do PS. Não fora o senhor e este seu blog estaríamos todos nós muito pouco informados o que é pena, porque no desenvolvimento destes episódios que para alguns constitui uma novela e para outros uma tragédia, é-me dado verificar que, tirando o senhor e o Partido Comunista, mais ninguém ousa tomar posições públicas.
O Partido Socialista e os seus Vereadores - só o sabemos pelo senhor e pelo seu blog - tomam posições na Câmara, mas não dão informações à Comunidade. É assim que querem ser alternativa?
A Assembleia Municipal, cujo presidente é PS, também ainda não tomou qualquer posição e já o devia ter feito. Os senhores membros da Assembleia - deputados municipais ,não é verdade? ou estarei enganado? - do PS também têm pautado pelo silêncio. Nada transparece cá para fora. Silêncio absoluto. No PS reina a lei da rolha. É pena e pergunto: é assim que o PS quer ser alternativa?
Não sou filiado em nenhum partido, mas claro que tenho as minhas simpatias e por isso, sr. dr., é com muito pesar que vejo a segunda força política deste Concelho, apática e silenciosa.
Muito obrigado ao sr. dr. por possibilitar esta tribuna livre

manuel castelo ramos disse...

Agradeço o seu elogio ao blogue. Saber que tenho quem me leia e por aqui sabe mais alguma coisa sobre o que se passa na sua terra é o incentivo que me dá forças para continur. Pena é que ainda não chegue à maioria dos munícipes.
Quanto ao resto, naturalmente, não vou comentar.

manuel castelo ramos disse...

Neste assunto, e já depois de uma conferência de imprensa (14 de Agosto) e de um mais do que precipitado comunicado à Imprensa (9 de Outubro, dois dias antes da reunião camarária que analisaria a 2ª fase do inquérito), a senhora presidente tem-se escusado dar explicações aos membros da Assembleia Municipal (órgão máximo da autarquia), resguardada no argumento do "sigilo". Ainda assim, quando questionada sobre o assunto por alguém da CDU na Assembleia, passou de inquirida a inquiridora, questionando o referido membro sobre qual a origem da informação que detinha e reclamando os documentos que este consigo trazia e que são parte integrante duma acta municipal.
Foi o total "enxovalho" deste órgão municipal, ainda que maioritariamente da Oposição!

aldo alex disse...

tenho andado desaparecido por varios motivos (doença, work e censuras de 7 de Junho), mas força com este espaço de informação. vou tentar divulgar para que os restantes municipes tambem tenham acesso á informação.
um abraço.

manuel castelo ramos disse...

Obrigado, e saúde...

Anónimo disse...

Será que a Assembleia Municipal, mesmo depois do "ENXOVALHO", continua sem tomar posição perante os Orgãos do poder central?
Será que se inverteram as competências e é agora a Presidente a controlar a Assembleia Municipal.
Não será o momento de apresentar uma moção de censura?

Anónimo disse...

Vendetta,
Sobre as saídas ao estrangeiro: viu a composição da última comitiva, segundo o Sr. Ramos nos deu a conhecer? Então eles eram o actual (ex?, parece que não quer já continuar...)Chefe de Divisão Financeira, a quem há que dar algumas compensações e a Arqª. Ana Guerreiro, que é a futura nora da Sra. Presidente... mera coincidência!
Sr. Ramos,
A estranheza de um membro da AM ter documentos que são parte integrante de una acta da CM não é mesmo de estranhar, porque, se não fosse o Sr., e obrigado por isso, as actas continuavam no segredo dos deuses/deusas, que pretendem desconhecer que elas são púbicas.

Anónimo disse...

Queria eu dizer "públicas", como é lógico... o outro termo, que foi um engano, seria descer ainda mais baixo...

Anónimo disse...

Ou eu sou muito estúpido ou então ando a dormir? Não existem orgãos competetentes para averiguar estes casos? Então porque andam todos a inventar histórias da carochinha?
Não devem ter mesmo nada para fazer...
Parem de falar dos funcionários públicos, eles só estão a trabalhar e a fazer o que lhes é pedido... Nem é obrigado a assinar nada... Quem sabe informar os municipes sabe muito pouco....

A.F. disse...

O problema é que, por vezes, "não fazem o que lhes é pedido", pelos MUNÍCIPES, os pagantes, e, quando o fazem, por vezes, por parte de alguns, é com tal superioridade e arrogãncia que até arrepia. Note que falo com conhecimento de causa.
O senhor anónimo duvida do que referi? Eu não creio, a não ser que sofra de sonolência, como parece ter sugerido, no início do seu mentário.

Os meus respeitos.
A.F.

A.F. disse...

Com o devido respeito leia-se "comentário".
A.F.

Anónimo disse...

Houve alguém que espalhou por aqui o refrão "deixem trabalhar os funcionários públicos".
Mas onde está a "força de bloqueio"? Quem os está a impedir de trabalhar? Tirando os que nada querem fazer, aqueles que querem mas não podem, os que são obrigados a trabalhar de forma diferente da que gostariam, os afilhados excedentários que ninguém sabe onde estão (porque pairam por todo o lado), nem a fazer o quê... ainda restam muitos que trabalham!
E porque vem alguém agora em defesa deles? Quem os atacou? Foram eles os atacados? Os políticos, no exercício da política, não são funcionários públicos, pois não? E não foram eles que primeiro os não deixaram trabalhar como deviam, para depois os acusarem de ter trabalhado mal?