12.10.06

Reunião extraordinária da Assembleia Municipal - 13 de Outubro de 2006

Realiza-se amanhã, dia 13 de Outubro, pelas 21 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Silves, uma reunião extraordinária da Assembleia Municipal.
A Ordem de Trabalhos é a seguinte:

1º Período

Ordem do Dia

1.1. Pedido de suspensão de mandato apresentado pelo membro Bernardino José Rodrigues Guia, por um período de 12 meses;

1.2. Análise da Proposta de Lei das Finanças Locais.

12 comentários:

Fernando de Sousa disse...

O Circo. Paga-se à entrada?

manuel castelo ramos disse...

Por favor, senhor Fernando de Sousa: alguma elevação nos comentários, é o que lhe peço. Não gostaria que o nível dos nossos comentários acabasse por justificar aquilo que fiz no Saco dos Desabafos onde, por falta de algum "estilo" de alguns comentadores acabei por instalar, muito a contragosto, a "censura prévia". Mas sabe como é, palavra puxa palavra, adjectivo puxa adjectivo e, não tarda nada, estamos para aqui todos a nos insultar mutuamente. Ora o que queremos é elevação do debate, argumentação e contra-argumentação, factos contra factos...Pode-se criticar, eu próprio o tenho feito. Mas não vale entrar pela via mais fácil do ataque pessoal ou íntimo. Sobretudo quando alguns (não faço ideia quais!) optam pelo anonimato ou pela utilização de pseudónimo. Acaba por ser cobarde atacar as pessoas sob essa protecção.Afinal, o único que tem mesmo a sua foto aqui sou eu. E nesta (o blogue), que é um pouco a minha casa, gostaria de ver todos os silvenses (de uma ou outra sensibilidade) expressarem as suas ideias sem precoceitos ou receios. É esse o mote deste blogue, como verá no cabeçalho da página: "A democracia e a vida autárquica aprofundam-se com o acesso à informação e o debate de ideias que esta pode sustentar".
Por isso lhe peço, srº Sousa, e não me leve a mal neste reparo: alguma moderação nos comentários!

José Paulo de Sousa disse...

Caro dr. ramos,

para que conste, esse sousa não sou eu. de certeza que o dr. controla os ip e sabe muito bem quem é .mas para o publico em geral gostava que não restassem confusões. quanto ao resto vou manter, tentar manter o meu silêncio.
um bom fds para si

vendetta disse...

pena o dr. jose paulo nada comentar, até porque seria interessante ouvi-lo falar sobre as ordens de pagamento assinadas por ele, ou então o "mandar fazer por boca" e quem faz é que paga..... como os 5 bodes espiatórios.....enfim esperemos para ver.

Fernando de Sousa disse...

tem o senhor inteira razão naquilo que me pede ,dr Manuel Ramos
gostava, no entanto, já que o pedido me é formulado, de utilizar este espaço,não como contra argumento, à sua solicitação,antes como um desiderato

1 - o anonimato nunca me serviu nem serve de capa.

2 - não percebo porque é que o meu desabafo é diferente dos outros quando, também eles, na sua maioria, se limitam a dar voz a simples sentimentos, neste meu caso concreto, reconhço, talvez não muito feliz.

3 - mas acaso o seu comentário tem a ver com o facto de tocar na Assembleia Municipal?
intocável, Senhor dr?
acaso só a Câmara Municpal é passível de crítica?
mal vai a democracia ,dr Manuel Ramos ,quando nos limitamos a ver só com um olho

4 - e acaso o dr José Paulo Sousa que agora parece ter acordado se chama Fernando Sousa?

pode o Senhor contar, de hoje em diante, com a minha moderação, mas jamais com o meu silêncio

manuel castelo ramos disse...

Caro Senhor Fernando de Sousa,

Aprecio a forma como apressadamente admitiu "algum exagero" no(s) seu(s) comentário(s). O seu não foi o único, é verdade. O que aconteceu é que o que foi feito aqui por si(não por ter sido feito à Assembleia que por certo também merece críticas, embora esteja menos informado sobre os seus trabalhos para as aqui fazer, e este ser só o «Blogue do Vereador») foi a gota de água depois de uma sucessão deles e cujo tom se vinha, digamos, "deteriorando". Só por isso, compreenda. Quanto ao facto do dr. José Paulo Sousa vir a terreiro esclarecer que não era o senhor, compreendo também, já que pessoas há que não usando a figura de Anónimas, usam pseudónimos.
Termino, agradecendo-lhe a si e a todos, a continuação dos vossos comentários, embora com as recomendações que espero compreendam.

José Paulo de Sousa disse...

Caros Vendetta e Fernando Sousa

Não acordei agora estou somente em silencio a ver o que se passa e o que se diz.

Quanto ás ordens de pagamento e o mandar fazer por boca espere caro vendetta espere ...

Francisco José disse...

Drº José Paulo
Acredito em si, ou seja estou absolutamente confiante que na altura própria não deixará afundar alguns funcionários que agiram de boa fé e porque assim foram mandatados. Drº José Paulo o senhor é homem e advogado e sabe muito bem quando é doloroso defender uma causa de mentiras e pior ainda quando a mesma pode e irá destruir certamene a carreira de alguém, diga por favor como se processavam as coisas por muito que possa custar a quem fez do senhor gato-sapato e dizia bem alto.." Quem manda aqui sou eu" e em boa verdade também se diga que os anteriores vereadores se retiraram porque não queriam colaborar com a Srª Presidente Isabel Soares que se transformara numa ditadora e de sorrisos falsos. Conheço-o e espero que não fique calado com a grave acusação da sr^Presidente ao dizer o vereador culpado disto tudo é .....
se o senhor se calar terei que aceitar quem cala consente e assim assumir as suas culpas.

José Paulo de Sousa disse...

Caro Francisco José, seja lá você quem for ...
Como tudo na via existe um tempo para tudo.
Tempo para escutar, tempo para pensar, tempo para ser solidario e tempo para agir.
Os timmings são meus, espero que compreenda

Joaquim Santos disse...

Drº José Paulo de Sousa…
É advogado, e tem o sentido de justiça .
Só espero no meio disto tudo que os culpados sejam punidos e os inocentes libertos.
Mas também sabe quem em inquéritos as palavras o vento as levas e as escritas são as que valem. Mas na realidade quer as verbais quer as escritas são para cumprir
Por mera curiosidade ,o Drº José Paulo deu ordens verbais sem passar a escrito ?
Obrigado desde já pela sua sincera resposta

vendetta disse...

Sr. Joaquim Santos, pergunte antes ao Dr. José Paulo se perdoou multas a um primo de messines? e qual o dever que viola desta forma? aliás esta não só foi de boca, como posteriormente escrita nas suas costas, ele é que não sonha! Já agora, é possivel um vereador permanente não ter conhecimente de 1200 facturas à mesma Empresa quando é responsável pela Divisão financeira? E sabia que o não dar conhecimento de factos ilicitos também é crime na função pública? Porque terá sido afastada a antiga chefe da divisão financeira com tantos anos de serviço?

Maria Lúcia disse...

Vendetta, vendetta, quem és tu? Para que também conste, eu sou a antiga chefe de divisão financeira, que teria razão para ser a vendetta ou vindicta, mas não sou. O motivo do meu afastamento nunca me foi explicado e, em abono da verdade, se esta não me foi dita, também não me disseram mentiras. A verdade eu sabia qual era, tal como a do afastamento que se seguiu, porque já foram dois, é a "verdade da inconveniência", porque a do primeiro está à vista e talvez um dia cheguemos à do segundo. Mas o tempo só tem um defeito, o de nos fazer mais velhos, e eu sei esperar. À distância e indirectamente, já tenho a minha vindicta. A vendetta não é minha.